RESERVA DE FILHOTES

Filhote: Sem Nome

Aparência Da Raça

A cabeça deve ser larga, formando um triângulo, olhando-se por cima: as orelhas em pé, discretamente inclinadas para frente, os olhos escuros e triangulares e o focinho potente e afilado, com a cana nasal reta e curta. O corpo deve ser relativamente quadrado, com o peito aberto, pernas anteriores retas e posteriores fortes, com pouca angulação, cauda de inserção alta, fazendo uma ou duas voltas. O cão deve ter o pescoço grosso e apresentar pelo e sub-pelo. O padrão aceita as cores tigrado, sésamo, vermelho e branco. O porte descrito pela FCI – Federação Cinológica Internacional, com sede na Bélgica, determina a altura: machos 67cm - fêmeas 61cm. Tolerância de 3cm a mais ou a menos.

AKITA

Nomenclatura Cinófila Usada neste Padrão
01. Trufa 10. Raiz da cauda 19. Cotovelo 
02. Focinho 11. Ísquio 20. Linha do solo
03. Stop 12. Coxa 21. Metacarpo 
04. Crânio 13. Perna 22. Carpo 
05. Occipital 14. Jarrete 23. Antebraço na cernelha 
06. Cernelha 15. Metatarso 24. Nível do esterno
07. Dorso 16. Patas 25. Braço 
08. Lombo 17. Joelho 26. Ponta do esterno
09. Garupa 18. Linha inferior 27. Ponta do ombro
a: profundidade do peito b: altura do cotovelo a+b: altura do cão

Boa parte da criação americana tem máscara preta, apreciada por dar uma aparência intimidatória (as regras do padrão da raça, atualizado, desqualifica Akitas com máscara preta). Os malhados, em baixa no Japão, são os preferidos pelos americanos (grandes manchas uniformemente distribuídas sobre fundo branco, cobrindo a cabeça e mais de um terço do corpo, define o AKC). A maioria dos Akitas japoneses são vermelhos e tigrados, sendo os brancos a minoria. Nos Estados Unidos, são minoria as cores aceitas pelo padrão japonês, onde é dada a preferência aos cães com bastante marcação de cores diversas.