RESERVA DE FILHOTES

Filhote: Sem Nome

Temperamento Da Raça

O akita é excelente guardião, percebe imediatamente uma tentativa de agressão e a impede. O verdadeiro akita de linhagem japonesa aprende rápido, é mais ágil, apresenta agilidade, firmeza, aparência e cara amigável e sorridente.

Costuma latir apenas quando pressente algo suspeito. Sua maneira silenciosa é oriunda da cultura nipônica. Outra herança da cultura oriental é o temperamento reservado. Dificilmente faz amizade com qualquer pessoa, mas depois que seu coração for conquistado, torna-se um amigo para sempre. Ele se apega e obedece a todos os membros da família, apresentando uma leve inclinação por algum deles, para o qual se dirige com mais freqüência. Relaciona-se bem com as crianças, permitindo que brinquem com ele, quando não quer brincar apenas se retira calmamente. É afetuoso, porém não costuma pular nas pessoas.

A extrema fidelidade aos donos, aliado à inegável coragem faz com que a raça seja associada à figura do Samurai - guerreiro que servia a um só senhor e por este, não hesitava em dar sua própria vida. Esse cão protege seu dono e seu território por amor. Quando há um estranho por perto, ele se coloca imediatamente de prontidão na guarda. Fica observando cada movimento da pessoa, não desviando a atenção por um segundo. Se pressente algo suspeito, dá um latido rouco e baixo, em sinal de advertência. É como se impusesse um limite, o qual não deve ser ultrapassado. Caso o indivíduo desrespeite esse limite, ele começa a espumar pela boca, eriça os pêlos e se arma para o ataque.

Durante o trabalho de guarda, o Akita não dorme em serviço. Trabalha essencialmente com a audição e a visão. É capaz de detectar a presença de um estranho a muitos metros de distância. Se alguém invade seu território, não sossega enquanto não avisar seu dono, fazendo-o de modo discreto. É extremamente inteligente, dócil, dedicado, limpo e asseado, discreto e silencioso.